26
Ago 11

Por vezes andamos em órbita.. à volta de nós mesmos e dos nossos desejos e expectativas... E no fim, coisas simples como a indiferença, acabam logo com essas rotações e colocam-nos no lugar.


Sim, eu sei que (nada) devemos esperar... mas há pessoas que perdem muito mais em não se fazer notar. São órbitas completamente diferentes as que delineamos para nós. Eu sei. Basta contarmos calmamente até dez!


historiado por vanessaquiterio às 12:53
tags: ,

Vanessa Quitério
pesquisar