30
Abr 11

 


Começou tudo na sexta-feira passada. E não preciso referir grande coisa: uma nova ferramenta de trabalho, algum entretenimento e uma pequena conquista graças à simplicidade do ActivoBank. Ah, criei um novo espaço. Passem por lá e percebam o que é!

 


historiado por vanessaquiterio às 21:52
tags: ,

25
Abr 11

 Por via da P, tenho em minhas mãos o livro Getting Things Done - The Art of Stress-Free Productivity, de David Allen, leitura dos os proximos tempos, para análise de conteúdo e de percepção deste sistema. De forma simples, por GTD designa-se o princípio de que uma pessoa precisa de tirar as tarefas de sua mente e registrá-las em algum lugar. Desta forma, a mente fica livre do trabalho de lembrar de tudo o que necessita ser feito e pode concentrar-se no que realmente é preciso para executar essas tarefas.

 

Se não conhecem este sistema visitem o site do David Allen, e sigam nas redes sociais o FB do GTD Portugal ou mesmo o N, o rapaz cá do sítio que trabalha isto.

 

Deixo uma descrição mais pormenorizada sobre o GTD... e se sentirem curiosidade, avancem, acho que ficaremos todos a ganhar.

 

About GTD
The work-life management system

GTD® is the shorthand brand for "Getting Things Done®", the groundbreaking work-life management system by David Allen that provides concrete solutions for transforming overwhelm and uncertainty into an integrated system of stress free productivity.

GTD is a powerful method to manage commitments, information, and communication. It is the result of thirty years of consulting services, private coaching, training, and organizational programs with millions of people internationally. It has earned a reputation as the gold standard in personal and organizational productivity.

GTD enables greater performance, capacity and innovation. It alleviates the feeling of overwhelm, instilling focus, clarity and confidence.

Step by step you will learn how to:

  • Capture anything and everything that has your attention and concern
  • Define actionable things into concrete next steps and successful outcomes
  • Organize information in the most streamlined way, in appropriate categories, based on how
  • and when you need to access them
  • Keep current and “ahead of the game” with appropriately frequent reviews
  • How to keep track of the bigger picture while managing the small details

Decades of in the field research and practice of GTD led to the publishing of the international bestseller “Getting Things Done”.  Published in over 28 languages, TIME magazine heralded it as the defining self-help business book of its time.

 

GTD® and Getting Things Done® are registered trademarks of David Allen & Co.

historiado por vanessaquiterio às 22:41
tags:

22
Abr 11

 

She is kind and sympathetic, with a strongly compassionate nature. When in love, she is usually very devoted. In fact, she is devoted by nature, not only in matters of the heart.There is an unmistakably compassionate and understanding side to her nature. She has a natural affinity to music. While everyone enjoys music, people with Moon in harmonious aspect to Neptune respond to music as a vehicle to heal, relax, and to uplift the soul.


historiado por vanessaquiterio às 23:53
tags: ,

19
Abr 11

 


Mais uma vez dou os parabéns a toda a equipa da SwitchConference pelos dois dias de debate, nos quais só pude mesmo participar no Domingo. Fizeram-me regressar ao Porto, rever amigos e conhecer outros tantos novos... E trazer de novo boas dicas e a esperança que ainda há margem de manobra para podermos empreender e sonhar com um futuro melhor. As oportunidades somos nós que as criamos, somos nós que as impulsionamos e que escolhemos: porque ficar em casa à espera que as coisas aconteçam não é para quem quer, realmente, fazer algo pela vida. Por isso, up. 'Bora lá pensar out of the box e acima de tudo trocar experiências.


Ah, reencontrei imensos amigos de Lisboa, que dificilmente consigo 'apanhar' por cá para um cafézinho ou simples olá. A M. foi uma dessas personagens que, decerto, não vai ficar mais tempo sem reencontro. Temos um chá para desfrutar :)

 


Ah, as listas telefónicas foram um presente de última hora, pois dramaticamente, ando sempre num nível desigual perante os comuns dos mortais. Obrigada Nuno, melhoraste a minha qualidade de vida :D

 

 

 

historiado por vanessaquiterio às 11:54
tags: ,

18
Abr 11

Fear is intense.

Fear is universal.

Fear consumes.

Nobel Peace Prize winners feel it. Artists feel it. Entrepreneurs feel it. Students and activists feel it. You feel it. (We feel it too.)

That doesn’t mean we have to live with it.

 

fear.less is a movement borne from our right to live without fear. It’s where human potential meets the courage to act.

Every story you read is an example of conquering fear, whether an immediate physical danger, the looming threat of failure, the pressure to compete in a changing world, the incessant quest for identity, or the overwhelming uncertainty of death.

These people embrace their circumstances with resolve and courage. They didn’t (and don’t) run away.

They represent the best of the human spirit and reveal an inner strength we all possess, though we may not know it.

fear.less is more than a magazine – it is our toolbox for fighting fear.

fear.less is about who we become by facing our deepest fears.


Dica do Nuno.

historiado por vanessaquiterio às 14:47
tags: ,

13
Abr 11

historiado por vanessaquiterio às 15:18
tags:

10
Abr 11

Este fim-de-semana fui o mais jazzístico que consegui ter nos últimos meses. Sábado à noite, no 14º Festival de Jazz de Valado de Frades, e hoje na Fnac do Chiado, com a querida Luísa Sobral.


Há muito tempo mesmo que não tinha momentos tão bons, de bem apreciar os acordes entre instrumentos e as conversas criadas por estes génios portugueses. É de referir e de valorizar, o bom leque de artistas PT na área do jazz. Para mim uma mais valia e um prazer enorme, de cada vez que os revejo.


Por isso, Lisboa do meu encanto, vou estar atenta. Pois sei que tens muito a oferecer nesta área. E eu ando desejosa de espairecer!

historiado por vanessaquiterio às 22:09
tags:

05
Abr 11

Custou mas finalmente estou em Lisboa.


Mesmo que seja por seis meses iniciais. A fazer uma coisa que me desafia e vai exigir muito de mim. Porque parece que não se pode ter tudo no mundo e em três meses de espera, três oportunidades surgiram e tive de escolher.


Em Lisboa acordar já se faz de forma autónoma, a mãe já não me puxa as mantas para trás nem me faz madrugar. Enquanto a rotina do trabalho não se instala vou passeando pela capital. Revendo amigos, espreitando cada nova esquina para tentar me orientar no caminho para a nova casa.


Mentalmente faço um mapa da cidade e das linhas do metro. Habitualmente vinha a Lisboa para coisas pontuais, ver amigos, procurar trabalho. Agora, pelo menos neste primeiro mês, estarei por cá cinco dias por semana. A viver pertinho da Gulbenkian e a trabalhar no Bairro Alto.


Consola-me a Primavera que está linda e radiante, com cada dia de sol que me anima. Passar pelos jardins da Gulbenkian e ficar por lá tempo indeterminado deixou-me, nestes dois dias, mais contente pela escolha que fiz. Encontro sempre alguém conhecido. Telefono a uns e a umas e depressa tenho uma tarde bem passada.


E é neste Abril que começa que se inicia também uma nova etapa: profissional e pessoal, onde a exigência em ambos vai ser meta diária. Porque quero começar um caminho na área dos social media, porque preciso de me preparar para depois dos seis meses e, acima de tudo, estar com os meus amigos de cá. Lisboa não me dá assim tantas boas recordações no que toca ao campo sentimental. Mas de nada me vale pensar nisso, já que estou a começar de novo. E em Lisboa, finalmente!

historiado por vanessaquiterio às 13:02
tags:

03
Abr 11

Parecenças com Love Will Tear Us Apart dos Joy Division não é para ser mera coincidência:

 

historiado por vanessaquiterio às 14:43
tags:

01
Abr 11

Lisboa, aqui vou eu! A decisão foi tomada e pendeu para a capital. Só tenho de me alegrar pelas outras oportunidades que surgiram e, acima de tudo, continuar com persistência na procura de um rumo profissional. Se me virem por ai, digam olá!


Foto da minha querida amiga Ana Coelho

historiado por vanessaquiterio às 12:11
tags:

subscrever feeds
subscrever feeds
Vanessa Quitério
pesquisar