24
Set 09

Na minha nova rotina encontro-me rodeada de professores, já experiêntes, calejados, uns tanto outros menos. A media de idades é de 30 anos.. Salvam-se excepções de 25 e, o espanto de todos, a múda de 21.

 

Penso agora: como me safo no meio deste mundo de adultos?

Fico mais pequenina do que sou, surpreendo-me com o convívio fraterno que fazemos, mas ao mesmo tempo constato: é dificil viver num ambiente de 30's quando mesmo sem querer aparento 21 e me comporto (ainda) como a miúda que sou.

 

Difícil momento que passo agora. Ufa!

historiado por vanessaquiterio às 21:28
tags:

Se fosse na minha Escola... ias ser acarinhada e mimada! :)
NP66 a 24 de Setembro de 2009 às 22:17

E olha que sou acarinhada. É essa a mais valia de cair assim do nada num novo mundo. Apesar de não me darem os 21, e ao início pensarem que tinha 24, por ai.

Engano bem. Só na maneira de estar, porque pelo tamanho, quase que me podeiram barrar à entrada da discoteca :)
vanessaquiterio a 25 de Setembro de 2009 às 01:32

Outra coisa: costumo ir à Benedita comprar calçado! :)
A minha mulher é daí perto (freguesia de Évora de Alcobaça):

Bom ano! ;)
NP66 a 25 de Setembro de 2009 às 01:25

Parece que toda a gente conhece alguém conhece alguém da Benedita. Saudosa terra.. estou por lá neste fim de semana. Saudades de casa. ;)

Estive por aí no início de Setembro. A minha mulher foi à Feira de Santana... :)

Sou da Guarda, mas tenho uma tia em Alcobaça há muitos anos (enfermeira aposentada, agora). Desde tenra idade que ia a Alcobaça, regularmente. O meu tio é das Louções (acho que é isso). Conheci a minha mulher aqui em Coimbra, onde vivemos, mas casámos no Mosteiro de Alcobaça! Uma das minhas cunhadas vive perto de Turquel! :)

Digamos que essa zona é "uma das minhas segundas casas"... lol
NP66 a 25 de Setembro de 2009 às 01:50

Comecei no jornalismo aos 19, hoje tenho 22. Vivo rodeada de gente adulta, cuja média se situa bem lá na casa dos 40 e muitos. Há dias que gosto, outros que sinto saudades dos meus. Mas, a verdade é que começamos a ver as coisas com outros olhos. Boa sorte na tua experiência como professora e nunca desistas dos teus sonhos.
Raquel Mesquita a 25 de Setembro de 2009 às 17:48

Vanessa Quitério
pesquisar