12
Out 09

 

“A gente não sabe por que é que gosta de alguém, só sabe quando deixa de gostar e arranja 20 razões. Sem haver alguma química, é impossível viver com alguém, mas não é só a questão sexual, é o gostar de acordar ao lado de.



Adormecer é muito fácil, acordar é mais complicado. Tem de se gostar de acordar, de ir tomar café, de ir viajar, de eventualmente ter filhos, tem de se perceber a pessoa e respeitá-la quando ela está mais em baixo.

Por que é que se gosta, não sei explicar. Estive vários anos sozinho e de repente apareceu uma pessoa. Passado pouco tempo percebi: «É esta». Porquê? Não sei.”
 

José Gameiro, psiquiatra especialista em terapia familiar, na Pública

( texto roubado daqui)

historiado por vanessaquiterio às 16:41

Vanessa Quitério
pesquisar