18
Jan 10

... gostava de ser menos falhada que no ano anterior:
 

Gostava de terminar finalmente a carta e condução e torna-me numa pessoa como tantas outras, que se movem por conta própria num veículo de quatro rodas;

Gostava de passar, nesta quinta tentativa, no examde de Deontologia e assim dar por terminado o curso de Comunicação Social, uma coisa que nasceu e cresceu a ferros mas que ainda me dá tormentos e tira o sono de noite;

Gostava de voltar de novo para casa, mais no final do ano, embrenhar-me novamente nas lides académicas e talvez entrar na aventura de ingressar o Curso de Ciências Religiosas na Católica ou, num parâmetro totalmente oposto, na área de MKT ou estudos jornalísticos;

Agarrar esta juventude agri-doce, sentir-me util e capacitada, não devedora de acções que me castram a vontade e sonhos - por outras palavras, deixar de chorar a noite porque me sinto uma falhada na vida. O síndroma pessoano faz em mim um mal tremendo mas reconforta-me ao mesmo tempo.

Desculpem os leitores que me acompanham, amigos e trauseuntes. Estas são as balelas de uns 22 anos ainda virgens, novinhos em folha. Na segunda-feira o ponto um pode ficar resolvido e a 29, trato de resolver a alínea 2.

Por qualquer eventualidade se as coisas não correrem bem, ai sim, é que piro de vez!

historiado por vanessaquiterio às 19:15
tags: ,

Vanessa Quitério
pesquisar