14
Fev 11

Neste dia dos namorados não fiz votos nem juras de amor, não recebi flores nem enchi de beijos a possível cara metade. Relembrei casos antigos, recentes e passados, aproveitei as boas recordações que ficaram e respirei fundo. Não há neste post nenhum sentimento de desespero nem mágoa por viver só comigo e para comigo. Os dias vão passando calmamente, os amigos vão ocupando um lugar fora de destaques. E estou feliz.


Hoje, fora de trivialidades e na onda da efeméride, participei num pequeno passatempo via FB, através da página da Agência Comunicarte. O desafio era criar uma declaração de amor para marcar o dia. Não pensei em nada muito substancial e dei largas à imaginação. E valeu a pena os segundinhos que dediquei a esta causa: ganhei dois exemplares do livro Web Trens: 10 cases made in web 2.0.



Yuuuupiiiii, mesmo a calhar, pois ainda não tinha adquirido o livro. Como a potencial cara metade ainda não paira na minha área, decidi oferecer o outro exemplar a um amigo, interessado nestas coisas da web, que também se tinha subjugado ao desafio. Valeu pela animada partilha. Podem conferir tudo aqui.

 

Abaixo reescrevo a frase vencedora. Confessem, soa a algo piroso pelo jogo fácil das comparações, não é verdade? :)

 

"Na Era das redes sociais, quero que sejas meu amigo no Twitter, meu fã no Facebook, a minha recomendação no Linkedin. Quero que sejas o meu best DJ no blip.fm, o mais referido nas fotos no Flickr e mais que isso, o mayor do meu coração. Aceitas o meu contacto no gmail? Trocar mensagens instantâneas no msn? Se sim entã o vamos juntos navegar fora desta Internet e passar juntos, em carne e osso, o dia dos Namorados! "

historiado por vanessaquiterio às 23:13
tags:

posts recentes

Web Trends - o livro

Vanessa Quitério
pesquisar