25
Dez 08

Estudar Comunicação sem ser comunicador é o mesmo que jogar pingue pong sozinho.

Sem se ter receptor, sem se fazer ouvir e ser ouvido é o mesmo que matar por completo o acto de dar a conhecer o que nos rodeia, aniquilar por completo a comunhão que é a troca de ideias e conhecimentos.

O jornalismo está por toda a parte e apresenta-se nas diversas maneiras e conteúdos. O cinema, a sétima arte aclamada por todos, em muito contribuiu para o espalhar deste conceito e mostrar o que aconteceu ou poderá acontecer. Cria milhentas oportunidades e situações que nos alertam e inquietam.

 

A terminar este meu ciclo de estudos superiores, acho que começo a ficar um pouco reticente.

Ao longo destes três anos de curso muito aprendi, não totalmente à custa das horas passadas em aulas, mas em outras coisas que fiz extra-curriculares e também as que deixei por fazer. Essas também me ensinaram algo, já que tive de fazer escolhas e discernir no que possivelmente seria melhor.

 

A começar uma nova etapa, o ESTÁGIO no JORNAL PÚBLICO, a partir de Fevereiro, novos horizontes se vão abrir e novos desafios vão surgir. Não sei ainda se estou ao nível de tamanha aposta. Foi um sonho concretizado. Penso nisto depois! Agora quero é deixar-me levar no resto do processo comunicativo que me falta, dar o feedback a que me sujeito ainda: os exames, as provas finais da conclusão deste semestre que foi tudo menos linear...

 

Without comments

 

 

historiado por vanessaquiterio às 18:11

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


subscrever feeds
subscrever feeds
Vanessa Quitério
pesquisar
 
blogs SAPO