17
Mai 10

' Pensem onde estavam aos 17 anos, a fazer o quê'


Foram meses de trabalho. Noites mal dormidas, de levantar a meio da noite a pensar no email que ficou por enviar, no patrocínio que tarda na resposta, de chamadas para contactos de contactos . . . Enfim, todo um trabalho necessário e que fiz de gosto para que a SWITCH conference acontecesse.


Não foi um evento meu. Nem de perto nem de longe. Foi de muitos, de todos os que o pensaram e colocaram de pé, de todos os que participaram, estiveram presentes e acompanharam fora, através das redes e do streaming.

 

A SWITCH conference foi e fez uma experiência. Aconteceu num panorama onde muitos eventos do género ocorreram num espaço de tempo muito curto. Aconteceu num tempo em que muitos dos estudantes - e possíveis interessados - queimaram, e digo literalmente, queimaram tudo nos últimos dia de festas académicas. Ocorreu num momento de pessimismo no nosso país e acima de tudo, por mão de jovens empreendedores contrariadores de tudo isto.


A SWITCH conference foi ideia de um grupo de jovens do 12º ano de Carregal do Sal. Ganhou corpo e orientou-se para o (grande) evento que todos tivemos conhecimento, associando-se à Universidade de Coimbra e à jeKnowledge - A júnior Empresa de Engenharia da UC - tendo assim assento de arrail na cidade beira Mondego. Para mim deu-me duplo prazer fazer parte desta equipa: primeiro por integrar um evento onde temáticas como empreendedorismo, discussão e web fizeram honras de trabalho, e segundo por ser na cidade onde me licenciei, onde vivi três anos fantásticos e onde comecei eu mesma a empreender, a ser mais que o curso que 'tirava'. Foi em Coimbra que cresci como profissional do jornalismo e desenvolvi o gosto por idealizar e organizar eventos e outros modelos de discussão.


Mas voltando à SWITCH conference, os dois dias de evento correram bem. Foram o espelho possivel do nosso empenho como equipa, do nosso esforço em sermos fiéis à ideia de oferecer a um publico vasto a oportunidade de conhecer outras realidades e empreender. Tivemos de tudo: conferências desconcertantes, de vidas virtuais, de ciência, de humor, de tecnologia e jornalismo, de empreendedorismo e apresentação de ideias de negócio. Muito mais podia salientar como temática, mas a SWITCH conference foi o que quiseram fazer dela, quem deu ideias, quem patrocinou, quem esteve presente - no auditório e em casa via redes e streaming - . Foi por e de TODOS os que quiseram pensar um pouco mais sobre o futuro, pensando no presente e como reajustá-lo às necessidades de momento.


Sei que nem tudo correu bem, tivemos percalços de última semana e reajustamos programa. Nem tudo esteve a 100% mas, acima de tudo, empenhamo-nos a 100% na questão de oferecer a quem viu na SWITCH conference uma oportunidade para crescer, para criar contactos, promover discussão e empreender. A mim deu-me imenso gozo trabalhar nesta equipa e evento. Sinto-me honrada por me terem convidado e dado espaço de trabalho. Dei o que pude, transpus algumas barreiras, aprendi novas formas de fazer passar a mensagem.

 

SÓ POR ISSO OBRIGADA malta da SWITCH conference!

 

Deixo alguns links que espelham o que aconteceu e mostram os dois dias de evento. Se quiserem deixem feedback.


http://blog.activemedia.pt/2010/05/17/switch-um-ponto-de-viragem/
http://feelab2010.blogspot.com/2010/05/prof-freitas-magalhaes-na-switch.html
http://sergio.tumblr.com/post/602026902/switch-conference-day-1
http://sergio.tumblr.com/post/605269149/switch-conference-day-2
http://diario2.com/switchconf-em-direto-a-conferencia-internacional-em-coimbra-que-resistiu-aos-tubaroes-4443
http://www.stumbleupon.com/su/4nmDkR/blog.hive.pt/posts/93
http://twitterportugal.com/topico/switchconf

http://www.youtube.com/watch?v=Y8uB3SPfai8

http://www.flickr.com/photos/pedromfs/sets/72157624081693384/

historiado por vanessaquiterio às 23:00
tags:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


subscrever feeds
subscrever feeds
Vanessa Quitério
pesquisar
 
blogs SAPO