15
Jun 10

Este filme magoou-e. Pela sua coerência e realidade. Será que o passado deixa marcas, cilindra-nos as memórias e nos marca assim tanto?

Vou dormir. . . Fiquei de rastos . . .

historiado por vanessaquiterio às 00:54
tags:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


subscrever feeds
subscrever feeds
Vanessa Quitério
pesquisar
 
blogs SAPO